Neste sábado (21), o Cine Pendrive exibe o curta "Incenso", de Marcos Hanois, inspirado na obra de Ascenso Ferreira. - TV Pernambuco

Notícias

Neste sábado (21), o Cine Pendrive exibe o curta “Incenso”, de Marcos Hanois, inspirado na obra de Ascenso Ferreira.

Programa Cine Pendrive, da TV Pernambuco,  exibe todo sábado, às 17h30, um curta-metragem, com reprises toda terça-feira, no mesmo horário. Leia a sinopse do filme desta semana que faz uma homenagem ao escritor Ascenso Ferreira.

Numa imaginária cidade da Zona da Mata de Pernambuco, na década de 30, a vida, os costumes, as crenças, o jeito de ser, pensar e falar das pessoas comuns. O Coronel, o Padre, o Catimbozeiro, o Nordeste do Brasil, captada pelo poeta Ascenso Ferreira e adaptada para o cinema. O Contraste entre o arcaico e o moderno, simbolizado pela Usina, pelo Cinema e o Zepelim, uma sociedade dividida em classes, um povo emotivo, sentimental e místico, como os versos de Ascenso Ferreira, numa viagem ao coração da alma brasileira.

Este último filme do diretor, roteirista e artista plástico Marco Hanois, curta-metragem em 35mm, sem fins lucrativos, foi filmado em DV Cam. Hanois faleceu em novembro de 2007, aos 42 anos, tem no seu currículo mais de 10 curta-metragens, produções em Televisão, Vídeo e Cinema, entre seus trabalhos mais conhecidos estão: “Cassino Americano”, premiado no Festival de Vídeo de Tokyo,  “Chega de Cangaço”, que foi exibido pela TV Globo, “Objeto Abjeto”, prêmio de roteiro do 45º Salão de Artes de Pernambuco e melhor documentário do VI Festival de Vídeo do Recife, “Incenso”, prêmio de roteiro no Concurso Firmo Neto – Edição 2005, da Prefeitura da Cidade do Recife.

Inteiramente baseado na obra do poeta pernambucano Ascenso Ferreira (todos os diálogos foram tirados dos seus poemas, devidamente autorizado pela sua viúva Lourdes Ferreira), o roteiro “Incenso”, foi criado em 2000. No ano de 2005, Marco Hanois e sua obra “Incenso”, receberam o prêmio no Concurso Ary Severo e Firmo Neto de roteiros, promovido anualmente pela Fundação de Cultura Cidade do Recife. Durante os meses de Janeiro a Outubro de 2007 “Incenso” deu início a sua pré-produção e filmagem.

Em 2009, Ruth Pinho (viúva de Hanois) apresentou o projeto ao 2º Edital de Programa de Fomento à Produção de Audiovisual de Pernambuco, solicitando um investimento de R$ 65.230,00, contemplada com o mesmo para a finalização do curta “Incenso”.

Ruth deu ainda continuidade ao projeto de Hanois, conforme sua idealização, “Incenso na Escola”, e por meio de recursos provenientes do Funcultura/ Literatura , percorremos 10 cidades pernambucanas obtendo grande envolvimento do público em todos os locais.

Com a colaboração do professor Moisés Neto, que atuou como assistente de direção do filme e faz palestra de abertura o Cinema/ Literatura e um debate com a platéia após a exibição do filme e da atriz Daniela Câmara fazendo uma performance com poemas de Ascenso Ferreira, são atividades que complementaram e tornaram mais atrativa a proposta, aproximando os jovens do universo pretendido.

Ao movimentar as escolas, prefeituras e população local destas cidades para sua realização o projeto se constituiu em um evento altamente mobilizador, com reflexo nas atividades sociais, estudantis e culturais das populações envolvidas. A proposta dessa produção é aumentar a abrangência desse evento, cumprindo dessa forma a meta de levá-lo a muitas outras cidades pernambucanas e nordestinas.

Serviço: Incenso, de Marcos Hanois (20 min, 2011) no Cine Pendrive

Data: sábado (21), reprise na terça (24)

Horário: 17h30