Medidas preventivas podem evitar o contágio de doenças como a dengue e malária - TV Pernambuco

Notícias

Medidas preventivas podem evitar o contágio de doenças como a dengue e malária

O clima tropical do Brasil favorece a proliferação de insetos, que quando infectados, podem transmitir doenças como dengue, malária, doença de Chagas, leichmaniose e febre amarela. As doenças tropicais, como são chamadas, é o tema do próximo episódio do Ser Saudável (TV Brasil) que vai ao ar quarta-feira (11), às 19h30, pela TVPE.

No programa, os médicos e apresentadores Dr. Enrique Barros e Dra. Lívia Hartmann de Souza viajam para o Ceará e Mato Grosso, estados com alta incidência de dengue e malária. Eles conversaram com especialistas e pessoas que superaram uma das doenças tropicais.

No Ceará, o Ser Saudável irá mostrar a história do professor George Mota. Quando descobriu que estava com dengue, ele passou a ter alguns cuidados em casa para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. O professor e pesquisador da Universidade Federal do Ceará, Ivo Castelo Branco Coelho, esclarece quais são as formas de prevenção, sintomas e as regiões do Brasil com mais casos de doenças tropicais.

Em Cuiabá, capital matogrossense, Lívia Hartmann de Souza conheceu a estudante Bianca Oliveira Correia que, após um tempo morando em Porto Velho, Rondônia, foi infectada pela malária. No Hospital Universitário Júlio Müller, a médica e apresentadora conversou com o professor da Universidade Federal do Mato Grosso e médico do Comitê de Controle da Malária do Ministério da Saúde, Cor Jesus Fernandes Fontes. O episódio também mostra a história da cozinheira Elisângela Estouco que, quando trabalhou no Garimpo, contraiu malária mais de dez vezes.

O programa foi produzido sob orientação do médico Juvenal Soares Dias da Costa, do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva da Unisinos. Tem apresentação de Enrique Barros e Lívia Hartmann, direção geral de Daniel Pedroso e Coprodução da TV Brasil e UNISINOS.

Da TV Brasil