Declaração dos Direitos Humanos completa 70 anos com mostra de filmes no Recife - TV Pernambuco

Notícias

Declaração dos Direitos Humanos completa 70 anos com mostra de filmes no Recife

Crianças lendo a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH), pouco após sua adoção. (Imagem: Arquivo da ONU)

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) é um documento marco na história dos direitos humanos e comemora 70 anos nesta segunda (10). Para celebrar o momento, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realiza a 2ª edição da Mostra de Direitos Humanos no Centro Cultural Rossini Alves Couto (antigo Cinema Ritz), na Rua do Hospício, Bairro Boa Vista, Centro do Recife. O evento vai das 14h às 19h e é feito em parceria com o Gabinete Assessoria Jurídica Organizações Populares (Gajop), o Movimento CineRuaPE, Federação Pernambucana de Cineclubes (Fepec).

O documentário Modo de Produção, da diretora pernambucana Dea Ferraz integra a programação, que conta com exibições de curtas e um longa-metragem. GAJOP, #CineRuaPE e Resistência são as três categorias do evento, cuja curadoria pretende discutir racismo, violência contra a mulher, memória cultural, entre outros temas relacionados aos Direito Humanos. Além da exibição, a programação também conta com debates.

HISTÓRIA
Elaborada por representantes de diferentes origens jurídicas e culturais de todas as regiões do mundo, a Declaração dos Direitos Humanos foi proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em Paris, em 10 de dezembro de 1948, como uma norma comum a ser alcançada por todos os povos e nações. Ela estabelece, pela primeira vez, a proteção universal dos direitos humanos.

Desde sua adoção, em 1948, a DUDH foi traduzida em mais de 500 idiomas, tornado-se o documento mais traduzido do mundo, e inspirou as constituições de muitos Estados e democracias recentes.