De 1º a 5 de dezembro, acontece o 16º FestCine - Festival de curtas pernambucano, no cinema São Luiz - TV Pernambuco

Notícias

De 1º a 5 de dezembro, acontece o 16º FestCine – Festival de curtas pernambucano, no cinema São Luiz

FESTCINE_CARTAZ (1)
O cinema de todos os pernambucanos, o São Luiz, vai se transformar novamente em vitrine e ponto de encontro da rica produção audiovisual do Estado. De 1º a 5 de dezembro, o 16º FestCine – Festival de Curtas de Pernambuco aporta no equipamento cultural com uma programação de 61 filmes que revelam a grande diversidade de temas, narrativas e estéticas do cinema feito hoje em Pernambuco.

Realizado pelo Governo do Estado (Secretaria de Cultura e Fundarpe), em parceria com a Prefeitura do Recife (Fundação de Cultura da Cidade do Recife), o festival vai prestar homenagem ao cineasta e militante cultural Lula Gonzaga, pioneiro do cinema de animação em Pernambuco; e à atriz Adriana Falangola (Dona Dindi), única atriz remanescente do Ciclo do Recife, feito na década 1920 por pioneiros do cinema, como o seu pai, Ugo Falangola, fundador da Pernambuco Filmes.

De acordo com Carla Francine, coordenadora de Audiovisual da Secult-PE, “dentre as 84 produções inscritas, os filmes selecionados para as mostras competitivas se destacam pela qualidade técnica e artística, desde os cineastas já consagrados até os realizadores que vão participar pela primeira vez de um festival”, destaca.

Nesta edição do FestCine, 17 prêmios – que somam R$ 66 mil – estão em disputa nas categorias Mostra Competitiva Geral (animação, documentário, experimental, ficção e videoclipe) e Mostra Competitiva de Formação (documentário e ficção).

Para o secretário estadual de Cultura, Marcelo Canuto, “o FestCine encerra um ano de importantes conquistas para o audiovisual pernambucano. Simbólica também é sua realização no São Luiz, templo do nosso cinema que, nesta gestão, teve suas atividades asseguradas para as próximas gerações, com a garantia da modernização dos seus equipamentos. Esse festival é, portanto, um elo essencial da cadeia do cinema, pois estimula muitos profissionais, na fase inicial de suas carreiras, provocando a experimentação, a circulação de produtos, os bons debates e a troca de saberes”, comemora o secretário.

Entidades da sociedade civil no Estado, como a Associação Brasileira de Documentaristas (ABD-PE/APECI), a Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), a Federação Pernambucana de Cineclubes (FEPEC) e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria do Cinema – Delegacia PE também são parcerias do Festival.

 

Oficinas Descentralizadas

A grade de formação cultural, que é sempre destaque no FestCine, esse ano foi descentralizada e vai chegar também ao bairro de Ouro Preto, em Olinda, com a oficina Documentando, de Marlon Meireles; e também no Centro de Atendimento Socioeducativo, em Jaboatão dos Guararapes, com a oficina de Iniciação ao Cineclubismo, que será ministrada por Mauro Lira e Shirley Hunther. Na Faculdade Joaquim Nabuco (Recife), serão ofertadas as oficinas de Animação, com Tiago Delácio e de Crítica Cinematográfica com André Dib, que também mediará os debates diários com os realizadores.

Cinema e Educação

Em parceria com a Faculdade Joaquim Nabuco e a Secretaria de Educação de Pernambuco, o FestCine vai promover também o Seminário Cinema e Educação: Uma reflexão sobre a aplicação da Lei Nº 13.006/2014. O objetivo é discutir com professores de diversos municípios sobre a obrigatoriedade de exibição de filmes nacionais nas escolas, contribuindo assim para a formação cultural do povo brasileiro e para ainda mais avanços no setor do audiovisual.

Confira a programação completa do festival no site http://www.cultura.pe.gov.br/canal/audiovisual/16o-festcine-e-vitrine-para-a-novissima-producao-audiovisual-pernambucana-2/