Conselho de Administração aprova regimento interno da EPC - TV Pernambuco

Notícias

Conselho de Administração aprova regimento interno da EPC

Em sua quarta reunião ordinária, realizada na quarta-feira, 06, na Secretaria de Ciência e Tecnologia, o Conselho de Administração da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC) aprovou, por unanimidade, o regimento interno da empresa. A reunião contou ainda com o balanço da cobertura do Festival de Inverno de Garanhuns, realizada pela TV Pernambuco em parceria com a Secult/FUNDARPE.

Conforme estabelecido na reunião ordinária anterior, a versão final do regimento interno da EPC foi apresentada pelo representante da Procuradoria Geral do Estado, Alexandre Auto de Alencar. Entre os temas ainda em deliberação estava o funcionamento do Conselho de Administração, a respeito do qual ficou definido que todos os seus membros, titulares e suplentes, serão convocados para as reuniões e terão direito a voz; o voto, no entanto, cabe apenas aos titulares.

Foi também apresentado o balanço das ações recentes de produção e programação realizados pela TVPE, entre os quais a cobertura do São João de Caruaru, da Copa do mundo, que contou com flashes diários na programação da emissora, do FIG 2014, que somou cerca de 50 horas de transmissão ao vivo pela Internet, atingindo a marca de 452 mil acessos, e da Campus Party Recife.

Também foram apresentados na reunião a consignação obtida do Ministério das Comunicações e o projeto técnico autorizado para a digitalização da geradora da TVPE em Caruaru, dando continuidade ao Plano 2016 de digitalização da emissora pública, sendo necessária a elaboração do orçamento e do cronograma de execução do projeto.

A reunião foi presidida interinamente pelo representante da Secretaria de Ciência e Tecnologia, José Bertotti, e contou com a presença dos representantes da PGE, Alexandre Auto, da Secretaria de Cultura, Severino pessoa, da Associação Municipalista de Pernmabuco, Maria José Brassan, e dos representantes da sociedade civil, Paulo André Moraes, Zélito Passavante, Leonildo de Moura e Ivonete Melo.