Conheça os 12 candidatos indicados para o Conselho da EPC - TV Pernambuco

Notícias

Conheça os 12 candidatos indicados para o Conselho da EPC

A lista com o nome dos indicados para o Conselho da EPC foi divulgada nesta sexta-feira. Ela será encaminhada ao governador Eduardo Campos, que deverá escolher os seis que tomarão posse no conselho para o triênio 2013-2016. Além destes, serão também indicados representantes da Associação Municipalista de Pernambuco, da Procuradoria Geral do Estado e das secretarias de Ciência e Tecnologia, Educação, Cultura, Imprensa e da Casa Civil.

Os 12 candidatos são:

Cátia Oliveira Segmento Social: Democratização dos meios de comunicação

Perfil: Mestranda em Ciência Política pela UFPE – linha de pesquisa Políticas Públicas e Participação Social. Graduada em Jornalismo pela UFPE. Integrante do Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social e do Fórum Pernambucano de Comunicação – Fopecom. Co-fundadora da Federação Pernambucana de Cineclubes (Fepec) tendo sido vice-presidente da entidade. Atuou como membro da diretoria, em duas gestões, da Associação Brasileira de Documentaristas (ABD/APECI) – sessão Pernambuco. Fez parte da equipe de comunicação da ONG Centro de Cultura Luiz Freire; do projeto de ação afirmativa da UFPE Conexões de Saberes, tendo atuado no Ministério da Cultura – Representação Regional Nordeste, como assessora.

Ivonete José de Melo Segmento social: Cultura

Perfil: Diretora do Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversões no Estado de Pernambuco – CNTEEC.

José Luis Simões Segmento social: Educação

Perfil: Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995), mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2000) e doutorado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2005). Foi coordenador das Licenciaturas Diversas na Universidade Federal de Pernambuco (2007-2009), atualmente é professor adjunto e atua no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE, onde coordena o Núcleo de Pesquisa “Teoria e História da Educação”. Autor de mais de cem publicações científicas (nacionais e internacionais), tem experiência na área de Educação e pesquisa principalmente os seguintes temas: História da Educação, Educação Física Escolar, Teoria do Processo Civilizador, Teoria do Poder e Cidadania. Além das atividades acadêmicas tem atuação no movimento docente ocupando, atualmente, o cargo de presidente da ADUFEPE (Associação dos Docentes da UFPE).

Leonildo de Moura Souza Segmento social: Juventude

Perfil: Jornalista (Faculdade Joaquim Nabuco), Cursando Pós-graduação em Comunicação Empresarial na Uninassau, Coordenador Executivo do Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local – GIRAL. Militante Social há seis anos na área de comunicação e inclusão digital, Conselheiro Estadual de Juventudes, Conselheiro de Direito.

Luis Felipe de Oliveira Maciel Segmento social: Juventude

Perfil: Estudante de Odontologia da Universidade de Pernambuco (UPE), Ex-Presidente do Diretório Central Estudantes da Universidade de Pernambuco (DCE-UPE), Ex-Conselheiro Universitário da Universidade de Pernambuco (CONSUN-UPE), Secretario Geral da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP) – Gestão 2005/2007, Tesoureiro Geral da União Nacional dos Estudantes (UNE) – Gestão 2011/2013;

Osnaldo Moraes Silva Segmento social: Classista

Perfil: Jornalista formado pela Universidade Católica de Pernambuco – Unicap tem um histórico de envolvimento com os movimentos sociais e a democratização da comunicação. Desde o começo da vida profissional participa da organização e mobilização da categoria através do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco – Sinjope, Federação Nacional dos Jornalistas – Fenaj e da Associação Brasileira da Propriedade Intelectual dos Jornalistas de Pernambuco – APIJOR participou da criação do Fórum Pernambucano de Comunicação – Fopecom. Profissionalmente trabalha no Diário de Pernambuco como repórter, no qual já atuou como chefe de reportagem, colunista e editor. Paralelamente trabalhou em assessorias de imprensa privadas e públicas do Recife, do Estado e da União, além de outras empresas de comunicação.

Paulo André Moraes Pires Segmento social: Áudiovisual

Perfil: Membro fundador e diretor da Associação Brasileira de Festivais Independentes (ABRAFIN), Conselheiro do Porto Digital e Co-produtor do Porto Musical, conferência internacional de música e tecnologia, que acontece no Recife desde 2005, em parceria com a Womex. É também Produtor de artistas nacionais e de turnês de artistas internacionais e foi o criador, em 1993, do Festival Abril Pró Rock, um dos mais importantes festivais de música no Brasil. Foi curador musical de projetos como Pixinguinha (2007 e 2008), Feira Música Brasil (2007), Festival de Inverno de Garanhuns (PE), Festival Microfonia (Recife) e outros.

Pedro Loureiro Severien Segmento social: Áudiovisual

Perfil: Formado em jornalismo, estudou cinema em Bristol (Inglaterra), onde concluiu mestrado como bolsista do Chevening Programme. Desde 2007, mantém uma produção constante de curtas-metragens autorais, entre eles Canção para minha irmã, Carnaval Inesquecível e São, todos premiados e exibidos em festivais no Brasil (Tiradentes, Brasília, Festival do Rio, Curta Cinema, BH, Vitória) e no exterior (Clermont-Ferrand, Cartagena, Kiev, Havana). Escreveu o livro de contos O homem que explodiu e co-roteirizou o longa-metragem País do Desejo, de Paulo Caldas. Hoje, atua como roteirista, montador, produtor e diretor, à frente da Orquestra Cinema Estúdios. Está envolvido com projetos de curtas, longas, animações, videoclipes e peças teatrais. É produtor do filme Boa sorte, meu amor, de Daniel Aragão. Todas as cores da noite é o seu primeiro longa-metragem como diretor. É o atual presidente da ABD/APECI (Associação Brasileira de Documentaristas-PE/Associação Pernambucana de Cineastas).

Renier Soares Coelho de Almeida Segmento social: Democratização dos meios de comunicação

Perfil: Membro da ABCTEL – Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária do Estado de Pernambuco.

Rosa Alice do Rêgo Barros Arraes Sampaio Segmento social: Direitos Humanos

Perfil: Defensora dos Direitos Humanos é graduada em Comunicação Social com habilitações em Relações Públicas e Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), com especialização em Gestão de Projetos Sociais pela Faculdade Frassinetti do Recife – FAFIRE. Atua, desde janeiro de 2009, como coordenação executiva da ONG AUÇUBA – Comunicação e Educação, organização integrante do Fórum Pernambucano de Comunicação (FOPECOM). Na organização, coordena, também, o Programa Só Para Fazer Mídia e a ações da Rede ANDI Brasil, articulação de Comunicação pelos Direitos da Criança e do Adolescente, com 10 organizações em todo o Brasil, que ajudou a fundar e integra, desde 2000. Atuou na Assessoria de Comunicação da Articulação no Semiárido Brasileiro – ASA Brasil (2004 a 2007), produzindo programas de Rádio e no planejamento e facilitação de oficinas de comunicação para instituições da sociedade civil como, Centro Sabiá, CECOR, CAATINGA e Diaconia (2005 a 2008). Um dos seus programas de Rádio – intitulado Tenho pressa – Justiça com as próprias mãos, série de dois programas sobre a ação de grupos de extermínio e justiceiros no Recife e Região Metropolitana, foi premiado 12º Prêmio Cristina Tavares de Jornalismo (1º lugar em Radiojornalismo), na 12º Expocom- Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (1º lugar), e na Expocom Sul – Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação do Mercosul (3º lugar) e finalista do Premio Nuevo Periodismo (prêmio Latinoamericano de jornalismo, promovido pela Fundación Nuevo Periodismo Iberoamericano na Colômbia) .

Tarciana Gomes Portela Segmento social: Cultura

Perfil: Ligada a área da cultura e comunicação para o desenvolvimento. Como poeta, documentarista e realizadora fez alguns trabalhos de ampla repercussão, como a exposição “Homem-gabiru: catalogação de uma espécie”, a instalação multimeios “Viúvas da Seca” e o documentário “Anjos da Fome”. Foi Chefe da Representação Regional do Ministério da Cultura de 2003 a março de 2011 e integrou o Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco de 1996 a 2008, tendo sido indicada por Ariano Suassuna. Atualmente é diretora do Instituto Delta Zero para o Desenvolvimento da Economia Criativa, associação de empreendedores na área. Jornalista de formação com especializações em Direção & Produção de Documentários (Universidade de Salford /Grã Bretanha) e em Gestão Cultural (Universidade de Girona /Espanha – parceria com Itaú Cultural. Em 2007 fez estágio em Financiamento e Economia da Cultura na Universidade de Paris Dauphine. Atuou como consultora pela Universidade Federal da Bahia para a implementação dos Planos Municipais de Cultura do Recife e Olinda e pela UNESCO para subsidiar as ações em Economia Criativa da Fundação Joaquim Nabuco.

Zélito de Oliveira Passavante Segmento social: Classista

Perfil: Professor da rede pública estadual ensina Design Gráfico na Escola Técnica Agamenon Magalhães, artista plástico, autor da exposição Homem Gabiru – catalogação de uma espécie – com livro publicado no Brasil e na Alemanha. Foi presidente do Centro dos Professores de Pernambuco e atualmente exerce a função de Secretário de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE e colabora com o Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.