Cinema Fantástico no Cineclube Curta Doze e Meia, durante o mês de fevereiro - TV Pernambuco

Notícias

Cinema Fantástico no Cineclube Curta Doze e Meia, durante o mês de fevereiro

O tema de fevereiro do Cineclube Curta Doze e Meia é o cinema fantástico. Nesta quinta-feira (09), serão exibidos os vídeos “Disque N para nascer”, “Mademoiselle cinema”, “Turno da Noite”, “A Velha a Fiar”, “Novela”, “Tyger” e “Voltage”, no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife (Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife), às 12h30, com entrada gratuita. Após a exibição haverá um bate papo descontraído com o cineasta Henrique Spencer.

O Curta Doze e Meia conta com o patrocínio dos Correios e o apoio do Coletivo NegoBom e da Regional Nordeste do Ministério da Cultura. A realização é da Casa de Produção, Centro Cultural Correios e Governo Federal. Neste mês, o Curta Doze e Meia conta com o apoio da Sambada Comunicação e Cultura e do Cineclube Macaíba.

ASSISTA A NOSSA VINHETA:

CONECTE-SE:

Twitter: http://twitter.com/curtadozemeia
Facebook: http://www.facebook.com/pages/CurtaDozeMeia
Perfil no Orkut: Cineclube Curta Doze e Meia
YouTube: http://www.youtube.com/user/curtadozemeia

Vídeos a serem exibidos:

Disque N para nascer (SP)
Direção: Arnaldo Galvão
Ani, 1992, 08min

Um filme profano e mágico sobre nascimento, vida e morte.

Mademoiselle cinema (RJ)
Direção: Helena Lustosa
Ani, 1996, 10min

O filme discute os clichês femininos do cinema, inspirado na obra homônima de Benjamim Costallat, com citações de Limite, de Mário Peixoto, do poema Caramujo do mar, de Cecília Meirelles, e desenhos de J. Carlos.

Turno da Noite (PE)
Direção: Henrique Spencer
Fic, 2011, 10min

Uma brincadeira não tão inocente pode ter sérias consequências!

A Velha a Fiar (RJ)
Direção: Humberto Mauro
Fic, 1960, 6min

Ilustração da velha canção popular do interior do Brasil, utilizando tipos e costumes das velhas fazendas em decadência.

Novela (RS)
Direção: Otto Guerra
Ani, 1992, 08min

O que acontece entre os intervalos comerciais no horário nobre de nossas emissoras de televisão? Quantas histórias são contadas e repetidas ano após ano? “Novela” e um segmento desse horário sagrado em que o país inteiro espera as cenas dos próximos capítulos.

Tyger (SP)
Direção: Guilherme Marcondes
Ani, 2006, 04min

Um enorme tigre aparece misteriosamente numa grande cidade. Ele vai revelar a realidade escondida numa noite que poderia ter sido como qualquer outra.

Voltage (PE)
Direção: Filippe Lira e William Paiva
Ani, 04min, 2008

Assim como sintetizadores moduladores, as pessoas se conectam entre si para atingir vários objetivos. Em Voltage, robôs meio-humanos e meio sintetizadores, movidos por doses cavalares de energia se conectam num transe elétrico e caótico.

Serviço:
Cineclube Curta Doze e Meia
Cinema Fantástico
Dias 02, 09, 16 e 23 de fevereiro de 2012
Todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 (Ruth Pinho) / (81) 9950-0166 (Amanda Ramos)
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com