A CAIXA Cultural Recife apresenta de 14 a 16 e de 21 a 23 de janeiro de 2016 o projeto CiaSenhas 15 anos - TV Pernambuco

Notícias

A CAIXA Cultural Recife apresenta de 14 a 16 e de 21 a 23 de janeiro de 2016 o projeto CiaSenhas 15 anos

Circo Negro 6 Maringas Maciel

A CAIXA Cultural Recife apresenta de 14 a 16 e de 21 a 23 de janeiro de 2016 o projeto CiaSenhas 15 anos, que prevê a apresentação de dois espetáculos representativos da trajetória do grupo: Circo Negro e Bicho Corre Hoje, alem do lançamento do livro Narrativas em Cena + leitura dramática dos textos publicados no livro. A montagem Circo Negro será apresentada nos dias 14 e 15 (quinta e sexta), às 20h, e 16 (sábado) às 17h e 20h, enquanto Bicho Corre Solto acontece nos dias 21 e 22 (quinta e sexta) às 20h e dia 23 (sábado) às 17h e 20h. Os ingressos custam R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia) e serão vendidos a partir da 10h do dia anterior a cada estreia: 13 e 20, respectivamente.

Os espetáculos propostos para esta comemoração representam a construção da identidade poética da curitibana CiaSenhas. Em Bicho Corre Hoje, de 2004, inaugura-se uma perspectiva autoral e colaborativa na criação dramatúrgica do grupo e instauram-se as primeiras experimentações poéticas de relação com a plateia. A peça fala com humor das pequenas tragédias do cotidiano. Mostra a vida comum de duas mulheres comuns, uma empregada doméstica e uma funcionária pública aposentada, que mal se falam apesar de serem vizinhas

O texto da autora e diretora do CiaSenhas Sueli Araujo constrói seus múltiplos significados a partir de sonoridades cotidianas, falas entrecortadas, silêncios, pausas e ritmos frenéticos, numa relação dinâmica com o espectador que vai aos poucos montando o quebra-cabeça desta história, que já foi apresentada mais de 80 vezes em Curitiba e diversas cidades brasileiras.

Já Circo Negro (2012), do dramaturgo argentino Daniel Veronese, retrata uma segunda fase criativa da trupe, sendo este o primeiro trabalho com texto de autor externo a CiaSenhas. A montagem é um texto-manifesto, que coloca em discussão a própria representação a partir do jogo dos atores. A narrativa é conduzida por criaturas/personagens que se alternam entre seres reais e imateriais, criando atmosferas cênicas em que a realidade se revela estranha, porém reconhecível em sua crueldade. O universo ficcional proposto na encenação se estabelece como impossibilidade, estranhamento e assombro.Circo Negro 5 Maringas Maciel

O espetáculo participou de diversos Festivais de Teatro nacionais e internacionais, além de realizar temporada no SESC Ipiranga em SP. Em comum, há entre os espetáculos, excelente recepção de público e crítica, apresentação de temas contemporâneos sustentados entre o trágico e o cômico e a humanidade vista em suas contradições.

Leitura – Completa a programação comemorativa o lançamento do livro Narrativas em Cena com o registro escrito e em áudio (CD) de três textos encenados pela companhia: Bicho Corre Hoje/2004, Delicadas Embalagens/2008 e Homem Piano – uma instalação para a memória/2010. O lançamento será no dia 19 e tem entrada gratuita, a partir das 19h. Será seguido de leitura dramática realizada pelos atores da companhia.
Sobre a CiaSenhas – A CiaSenhas de Teatro de Curitiba é um coletivo de artistas e pesquisadores que desde 1999 desenvolve trabalho continuado de pesquisa e criação teatral. Neste percurso, tem se dedicado a investigar aspectos da cena narrativa através das proposições do intérprete-criador e da construção de texto teatral original em processos compartilhados de criação. Seus procedimentos artísticos incluem a pesquisa do corpo expressivo, do jogo e dos espaços de relação com a platéia. A companhia tem o compromisso de disponibilizar seus espetáculos às mais diferentes platéias e promover ações que fortalecem o teatro de grupo e fomentam o encontro e o diálogo com o público, como a Mostra Cena Breve Curitiba – a linguagem dos grupos de teatro.

FICHA TÉCNICA:

Circo Negro

Dramaturgia: Daniel Veronese

Direção: Sueli Araujo

Atuação: Ciliane Vendruscolo, Greice Barros, Luiz Bertazzo e Rafael di Lari

Desenho de Som/Trilha Sonora: Ary Giordani

Desenho de Luz: Wagner Correa

Figurino: Amabilis de Jesus

Cenário e Adereços: Paulo Vinícius

Maquiagem: Marcia Moraes

Bicho corre hoje

Dramaturgia e direção: Sueli Araujo

Atuação: Greice Barros e Patrícia Saravy

Desenho de Som: Ary Giordani

Desenho de Luz: Wagner Correa

Cenário: Sueli Araujo

Figurino: Amabilis de Jesus

Maquiagem: Marcia Moraes
Serviço:

 

CIASENHAS 15 ANOS

Local: CAIXA Cultural Recife, Avenida Alfredo Lisboa, 505 – Praça do Marco Zero – Bairro do Recife Antigo. – 3425-1900/1915
Espetáculo CIRCO NEGRO

14 a 16/01 – Quinta e sexta às 20h e sábado às 17h e às 20h

Classificação indicativa – 18 anos

Ingressos: 10,00 e 5,00

Duração: 60min

Lançamento do LIVRO NARRATIVAS EM CENA e leitura dramática

19/01 – Terça às 19h

Classificação indicativa – livre

Entrada franca

Espetáculo BICHO CORRE HOJE

21 a 23/01 – Quinta e sexta às 20h e sábado às 17h e às 20h

Classificação indicativa – 16 anos

Ingressos: 10,00 e 5,00

Duração: 45min
Para agendamento de entrevistas e informações:

Assessoria de Imprensa CAIXA Cultural: Juliana Romão (81) 99739-3366 / julyromao@hotmail.com e     Fabrício Barbosa – (81) 99768-1454 – cultura.pe@caixa.gov.br.

Acesse www.caixacultural.gov.br

Baixe o aplicativo CAIXA Cultural

Curta facebook.com/CaixaCulturalRecife