A partir da próxima segunda-feira (27) a TV Brasil exibe a série de filmes "Ciclo de Cinema Iraniano" - TV Pernambuco

Notícias

A partir da próxima segunda-feira (27) a TV Brasil exibe a série de filmes “Ciclo de Cinema Iraniano”

TV Brasil estreia Ciclo de Cinema Iraniano nesta segunda-feira (27/7)

Sessão reúne produções consideradas clássicas no país do Oriente Médio

Com uma seleção que reúne algumas das mais relevantes produções de grandes diretores do Oriente Médio, a TV Brasilapresenta o Ciclo de Cinema Iraniano a partir desta segunda-feira, 27 de julho de 2015. Ao todo, a emissora vai exibir cinco filmes do país asiático, sempre às 23h, de segunda a sexta-feira, até 31 de julho. A sessão inclui dois longas do consagrado cineasta Mohsen Makhmalbaf.

No lançamento da nova faixa, o canal traz o comovente drama “Tempo de Cavalos Bêbados”, dirigido por Bahman Ghobadi. O cineasta ganhou a Câmera de Ouro no Festival de Cannes de 2000, prêmio concedido a diretores estreantes

“É uma oportunidade raríssima, senão inédita na televisão brasileira, de podermos ver uma das cinematografias mais elogiadas do mundo. Todos os filmes têm qualidades para agradar não só o público cinéfilo, como aos espectadores de uma forma geral”, explica o gerente de Aquisições Internacionais da TV Brasil, José Zimmerman.

Filha do diretor Mohsen Makhmalbaf, a cineasta Samira Makhmalbaf estreou nas telonas com o longa “A Maçã”, atração do ciclo nesta terça-feira (28), às 23h. “Ela é considerada pela equipe de críticos do jornal inglês ‘The Guardian’ uma das 40 melhores diretoras da atualidade”, comenta Zimmerman.

Já na quarta-feira (29), no mesmo horário, a emissora pública exibe o sensível e poético drama “O Silêncio”, dirigido pelo cineasta iraniano Mohsen Makhmalbaf, reconhecido com a Medalha de Ouro do Senado Italiano no Festival de Veneza.

O elogiado drama “Gabbeh”, também de Mohsen Makhmalbaf, é o destaque da sessão na quinta-feira (30), às 23h. Para encerrar o Ciclo de Cinema Iraniano, na sexta (31), no mesmo horário, a TV Brasil programou o filme “Gosto de Cereja”, considerado a obra prima da filmografia do diretor Abbas Kiarostami. O longa recebeu a Palma de Ouro noFestival da Cannes.